vodka

Vodka mata?

Ingerir exorbitantes quantidades de álcool costuma ser motivo de orgulho, Então, não deve ser ruim estar em primeiro nesta competição alcoólica! Errado. O Álcool com toda certeza não é o líquido sagrado que te trará sua juventude de volta.

O primeiro gole de cerveja é certamente inesquecível. Talvez este seja o ritual de passagem que mais define o adolescente, talvez mais que sexo. Um ritual que muitas vezes é passado de pai para filho, onde o pai com certeza vai dar muita risada da careta do filho inexperiente ao dar o primeiro gole.

Os primeiros porres quase sempre chegam antes dos dezoito e viram histórias que em muitos casos são contados para os filhos em reuniões familiares. Repetimos as histórias uma centena de vezes.

Ser adulto e não beber é algo raro de se ver, e se não bebe muito, logo se torna o “fraco”. “Não aguenta? Bebe leite”, ” aprende a beber feito homem”. Um bom pirata deveria ser capaz de ingerir mais álcool do que o sangue que possui no corpo. Deveria…

Devem estar achando pura hipocrisia, logo eu, falando sobe um assunto delicado, que são as mortes causadas pelo álcool. Chegam a ser 70 mil mortes por ano, o brasil é um dos líderes de mortes, claro, causados pelo álcool. Sabe onde morre tanta gente assim? Na Guerra.

Posso falar com a maior frieza do mundo que estou pouco ligando pra gente que bebe e dirige. Se quer morrer, morra. Não tenho paciência pra gente burra. O problema são os inocentes que são levados junto por conta da irresponsabilidade de alguns imbecis que se acham o super-homem depois de uma dose de tequila.

Demonificar a bebida não é o ponto. Beber é bom, beba o quanto quiser. O ponto é que o álcool é uma droga destrutiva. Sim é uma droga.

Temos parar de colocar num pedestal aquele que bebe sem limites. Aprender a não sair de carro para o happy hour, aprender a não forçar ninguém a ir além da conta, aprender que é muito divertido ficar alegre, mas que ter um coma alcoólico nunca vai ser a solução.

O estudante que morreu após trinta doses de vodka numa festa é só mais um destes milhares de casos. Que o Monstro de Espaguete Voador me perdoe, mas achei uma morte necessária. Morreu por ser burro. Que sirva de exemplo para muitos.

E antes que venham de MIMIMI, dizendo que não sou exemplo para meu texto, entendam que fui inteligente o bastante para entender o quanto errei no passado. Façam o mesmo.

No seu próximo encontro com a bebida, aprenda que ela pode ser sua melhor amiga, mas também, sua pior inimiga.

Comentários

Comentários

Tudo nele lembra a música "Born to be wild", do Steppenwolf. Antigo Capitão dos Piratas da Represa, é também um dos Fundadores da Aliança Pirata e diversos projetos relacionados aos Piratas Urbanos. Pode ser descrito em várias letras do Matanza.