19setdiadopirata

Talk like a Pirate Day

Ahoy, marujos! Sabem que dia é hoje? Nada menos do que o Dia Internacional de Falar como um Pirata (no caso, o Dia Internacional de FalARRRRR como um Pirata)!

Tudo começou com uma brincadeira entre os americanos John Baur e Mark Summers. No dia 6 de junho de 1995, os dois jogavam raquetebol (uma variação do squash) quando começaram a se provocar com xingamentos.

John-Mark

O jogo foi esquentando e os palavrões foram acabando, um deles ficou sem tempo de pensar em um palavrão a tempo e exclamou “Arrr!”. Quando perceberam, estavam se xingando em piratês!

Depois do jogo, começaram a treinar a recém-criada língua. Resolveram também criar um dia especial para tal acontecimento, só que, como no dia 6 de junho é comemorado o aniversário do Dia D da Segunda Guerra Mundial, resolveram mudar para dia 19 de setembro, o dia do aniversário da ex-mulher de Mark, pois era uma data fácil de lembrar.

Nos primeiros sete anos, apenas John, Mark e alguns amigos próximos comemoravam o dia. Em 2002 resolveram mandar um e-mail para Dave Barry, um famoso colunista de humor do país, contando sobre a ideia que tiveram. Para a surpresa da dupla, o colunista respondeu em poucos dias e adorou a história!

Perto do mês de setembro, a editora do jornal ligou para John e disse que, enquanto editava o artigo de Dave Barry, percebeu que o feriado da dupla havia sido citado. A partir daquele dia, a ideia do “Dia Internacional de Falar como um Pirata” cresceu, atingiu milhares de pessoas (inclusive os seguidores do Monstro de Espaguete Voador) e é comemorada até hoje. Aye aye, hoy! E uma garrafa de rum!

Como falar como um pirata?

Esta parte do texto eu pirateei descaradamente do WikiHow, incluindo as imagens, só não vou citar a fonte aqui porque eu realmente esqueci onde achei o link 😉


1 – Grunha e Xingue sempre.
Piratas não usam uma vocalização culta, elegante e suave. Eles grunhem, resmungam e esbravejam. Tudo do melhor para gelar a espinha desses desgraçados.

2 – Use jargões de pirata.
Soar como um pirata não é difícil. Existem muitas ferramentas brilhantes para adquirir os jargões de pirata, incluindo dicionários online e aplicativos. Até o Facebook fala como um pirata!
Tente demonstrar sua atitude de cachorro do mar com a interpretação. Não existe um pirata convincente tímido.
Evite usar palavrões. É muito mais divertido (e carinhoso ao ouvido das crianças) usar “gírias de pirata” em vez de palavras feias, ou aprender modos inteiramente criativos de dizer a mesma coisa. Por exemplo, em vez de dizer que alguém cheira a bosta de cachorro, diga: “Você cheira como se andasse nadando há anos em uma fossa!”.

3 – Gesticule frequentemente com as mãos.
Se precisar apontar o caminho para casa, gesticule! Não esqueça que bucaneiros fazem suas viagens no convés de um navio no oceano, onde o vento, as ondas e o canto dos pássaros assolam os ouvidos. Gesticular vai lhe dar o senso de “estar no oceano”. Tome cuidado ao mover os braços para não arrancar o olho de ninguém!

4 – Resmungue tudo de uma vez só.
Dizer “Eu e os garotos saímos para um agradável dia na lagoa” parece algo que seria ouvido no clube dos riquinhos mimados, e não nos domínios dos piratas. O único Dave Jones que eles conhecem é o do Monkees!
Tente dizer: “Eu e estes remelentos sacos de pulgas arrastamos nossos traseiros até o navio para nos aventurAAAAARRRRRRRRRRRmos! Nós quase humilhamos a Connie Maluca por ter nos deixado comendo a poeira do oceano!” Certifique-se de terminar a frase com “ARRRRRR!”.

5 – Nunca, jamais, use “você” ou “seu”.
Em vez disso, use a forma pirática, “Tu”, “cê”, para todas as formas de se comunicar com os outros. “Tu, rato peludo, restos do oceano”, ou “Aqui tá teu almoço, sua barata podre”. Note que você sempre tem de dar um apelido insultante à pessoa, normalmente envolvendo um animal, um criminoso ou um odor nojento.

6 – Decore-se como quiser.
Um pirata é uma estrela gigante, e seus pertences devem refletir isso. Não diga apenas “Nós vimos uma baleia de nossa proa ainda hoje”. Diga: “Minha tripulação viu uma grande besta do mar, a mãe de todas as baleias, aye, e então surgiu o Kraken!”.

7 – Refira-se a você mesmo como “mim” o tempo tudo, e evite o “Eu”.
Não é piraticamente correto dizer: “Eu tenho um resfriado”. É muito melhor um pirata declarar: “Consegui pra mim um belo resfriado, aye sir!”. Mais importantemente, substitua “meu” por “mim” quando puder. Por exemplo, não diga: “Olhe pra minha nova espada”, diga: “Admire a nova espada que pertence a mim!”.

8 – Murmure ininteligivelmente quando não estiver gritando.
Ser um pirata significa estar sempre bêbado até certo ponto. Muitas vezes, os piratas estavam tortos. Nos últimos passos, o termo “Sim senhor” é traduzido como “Isso está correto”. Entendeu? Aye, é melhor que sim se tu não quiser andar na prancha, seu ladrãozinho pustulante e grotesco.

9 – Fale do jeito mais alto, abrasivo e confiante possível.
Piratas não são tímidos. Ergam a cabeça, amores, e façam-se visíveis!

10 – Compre um papagaio de brinquedo e prenda-o no ombro de uma jaqueta antiga.
Isso o deixará mais disposto a aderir as regras mencionadas acima e garantirá uma abundância de “yar e ARRRRRRRRRRRRRR”.

Vocabulário Pirata

Ahoy! – Olá!
Amarrar – Para parar ou cessar imediatamente. Normalmente utilizado dentro de um contexto enojado como: “Amarre essa conversinha de verme da terra!”.
ARRRRRRR! – Isso normalmente é confundido com “arrrgh”, que é, claro, o som que você faz quando se senta numa tachinha. “Arrrrrrr!”, como “Aloha”, significa uma variação de “sim”, “concordo”, “Estou feliz”, “Estou adorando esta cerveja”, “Meu time vai ganhar tudo”, “Vi você na televisão, e foi uma bosta!” e “Essa foi uma observação interessante”. Existe uma miríade de possibilidades para o Arrr!
Avast! – Parar e dar atenção. Esta palavra, como muitas do vocabulário dos piratas, tem muitos significados.
Aye! – “Sim!”
Aye aye! – “Eu compreendo o que você disse e atenderei ao seu pedido!”
Baderneira – Um nome para mulheres. Não é educado, mas também não é rude.
Butim – Tudo de valor que um pirata possa roubar.
Carga mãe – refere-se a maior quantidade de espólios devidamente localizada.
Cores – A bandeira pirata, com muitas variações. Designada para amedrontar o oponente, que muitas vezes nem mesmo lutaria.
Escorbuto – Bem, é claro, é uma aflição horrível que destrói bucaneiros; este é motivo pelo qual o suco de limão é adicionado na água. Portanto, chamar alguém de “rato de fossa com escorbuto” é pior do que xingá-lo de “rato de fossa”.
Grog – Uma bebida alcoólica, normalmente rum diluído em água e suco de limão. Neste contexto, você poderia usá-la para se referir a qualquer bebida alcoólica diferente de cerveja. Falaremos disso mais tarde.
Hastear as cores! – Erguer a Bandeira Pirata antes de atacar. Também é um grito de batalha.
Mostre uma Perna! – Frase para acordar um marujo. “Mostre a perna!, já está amanhecendo, seu verme com escorbuto!”.
O Armário do Davy Jones – Onde as almas de piratas mortos vão.
Rato de fossa – A fossa é o menor nível do navio. Ela é carregada com água pegajosa e suja. Um rato de fossa, portanto, é um rato que vive no pior lugar do navio. Piratas, como suas contrapartes modernas (caras normais), amam brincar e xingar seus camaradas. Um bom pirata sempre chama os camaradas de “ratos de fossa”.
Rebocado – Uma morte feia, de fato. O pirata é amarrado por uma corta na frente de um navio que se move rapidamente. Então, ele é arrastado pela quilha, ou canto no fundo do navio. Ele normalmente é atingido por cracas que sobem. “Você receberá o Castigo do Mar” daria medo em qualquer pirata.
Senhorita – Um nome para mulheres, normalmente mais educado e romântico.
Suculenta – Sexy.
– “Estar”, como em “Eu tô indo ficar mais grogue, ele tá indo ficar mais grogue, e eles tão indo ficar mais grogues”.
Trema os meus cascos! “Bem, estarei lá”, ou “É só isso?”. Originou-se do impacto de bolas de canhão no navio.
Verme – (ou verme da terra) O Verme é um pobre marujo, e um verme da terra é um marujo excepcionalmente ignorante. Num lugar onde todos estejam conversando como piratas, o verme é sempre um insulto.

Dicas

Quanto mais exibido você for, mais sucesso terá como pirata – oras, este belo marujo pode se tornar capitão!
Alto e sujo: estas são as palavras da ordem na linguagem dos piratas!
Não se preocupe se as pessoas não o entenderem. Apenas pisque um olho (o olho bom, o outro deve estar coberto por um tapa-olho) e gesticule significativamente com a cabeça, como se eles houvessem compreendido o que foi dito. Dizer “Ayeeeeee” suavemente e arrumar o bigode também os faz “compreenderem” aquilo que antes parecia ininteligível.
Arrrr! Ao praticar saudações, diga coisas como “As bênçãos Dele estão sobre ti, cão sarnento!”.

Não tente guiar seu navio sozinho se quiser grogues ou outras bebidas piratescas.
Respeite o código. Não ande por aí sem saber o que fazer.

E a comemoração?

Faremos nosso piquenique no Jardim Botanico de São Paulo no dia 21 de setembro.



Maiores Informações: https://www.facebook.com/groups/PiratasUrbanos/
Link do Evento: https://www.facebook.com/events/1501024340115403/

Contamos com a presença de todos!

Onde posso achar mais sobre o assunto?

Site oficial do Talk Like a Pirate Day

De qualquer forma, desejo a todos um ótimo Dia do Pirata! Repleto de Rum, Cerveja, belas canções, um bom vento e claro, todos seus melhores amigos por perto!

Comentários

Comentários

Tudo nele lembra a música "Born to be wild", do Steppenwolf. Antigo Capitão dos Piratas da Represa, é também um dos Fundadores da Aliança Pirata e diversos projetos relacionados aos Piratas Urbanos. Pode ser descrito em várias letras do Matanza.