dest

Pirata Urbano – Calçados

Inúmeras são as vezes que me perguntam “Onde consigo uma roupa de pirata?”, então resolvi, depois de muito enrolar por pura preguiça, escrever um tutorial básico de como se vestir como um pirata. Por hora fiz este sobre as botas, logo mais faço outros para ajudar. Se a preguiça não me vencer…

Não irei abordar nada muito elaborado, apenas o essencial para não fazer feio com o visual. Também não estou abordando nada histórico, não somos revivalistas, a regra basicamente é você se parecer com um pirata. Se você se olha no espelho e se reconhece como um pirata, está feito. Gostaria de enfatizar que ele não é importante, pois Pirata Urbano não é visual, é atitude!

Começando de baixo para cima, pois talvez seja a parte mais complicada, então se for pra desistir, desista agora. Maior parte dos Piratas Urbanos que conheci costumam variar entre 3 calçados: Bota de montaria, coturno e sapato.

campeira-montaria

Botas de montaria ou botas campeiras são minha primeira opção, pois pode usar sempre, ela serve bem para proteger os pés, parece um sapato, é confortável e tão durável quando o coturno. Existem boas botas que são impermeáveis, e com elas é possível entrar na água rasa sem molhar os pés.

É algo relativamente simples de encontrar… se você tiver pé pequeno. Sim, pé pequeno. Por uma infelicidade, nós que moramos na cidade de São Paulo, talvez a cidade com a maior diversidade brasileira, sofremos com a falta de calçados de qualidade, como as botas de montaria masculinas. Chega a ser impossível achar uma bota de montaria masculina na cidade, então temos de apelar para lojas especializadas em tamanhos grandes, que são poucas. Nestas lojas as botas costumam ser caras e apresentar uma qualidade que não compensa o preço, variando de R$200 a R$400.

Outra opção seria buscar tais botas em lojas especializadas em “coisas country”, mas neste ponto sofremos com o problema dos preços abusivos, onde uma bota de couro de boa qualidade costuma ser R$400 ou mais. Se quiser mais barato, só viajando para as cidades do interior, onde uma desta costuma custar de R$150 a R$300.

A opção mais barata, e também a mais difícil é ter pé pequeno e mente aberta. Sim, usar botas femininas. A diferença é que calçados femininos costumam ir até o 38, sendo difícil achar quando você tem um pé 43. Caso ache, dá para achar botas legais por uns R$60.

A melhor opção de todas é definitivamente o Mercado Livre. Lá você encontra todos os tipos de botas de montaria, geralmente vindas do sul do país, em couro e solado bastante durável. A média de preço é de R$150. Tenho dois pares de botas destas, tenho amigos que compraram, não vi reclamações. Uma destas uso diariamente tem uns 6 meses, já possui alguns arranhões, mas sem manutenção fica difícil fazer durar. Apenas pesquise bastante os vendedores, pois infelizmente o Mercado Livre é cheio de gente de má fé.


coturno

Coturno é a primeira opção para muitos que estão ingressando neste estilo de vida, pois muitos já usam coturnos desde sempre ou acabam vindo de outras culturas que usam também.

De uso voltado para o uso militar em atividades de combate, são geralmente de couro tratado para tornar-se impermeável. Costumam ser uma ótima opção por conta da durabilidade, possuindo vida útil mais longa do que as botas comuns.

Podem ser comprados em quase todas as cidades, tanto em lojas militares quanto em lojas especializadas em artigos para subculturas. O preço é bastante variável, costuma custar no mínimo R$60.


sapato

Sapatos, os bons e velhos sapatos costumam ser a opção mais barata, mas não o melhor custo-benefício. Não protegem bem os pés, costumam ter uma durabilidade baixa, porém, se você está sem dinheiro, não ande descalço. Você acha sapatos em quase toda loja de calçados e costuma custar no mínimo R$20.


meias

Meias. Ninguém liga para as meias, use meias confortáveis. Caso você queira um visual mais revivalista, pode usar meias brancas compridas combinadas com sapatos e calça corsário. Mas por favor, esteja ciente que será engraçado e as pessoas vão rir.


Lembrando que qualquer modificação é bem-vinda, desde modificar as botas para ter aquela dobra que vemos nos filmes até pegar um sapato antigo e transformar em uma bota. São inúmeras as possibilidades.
Você também pode optar por não usar nada. Descalço é sempre bom.

Comentários

Comentários

Tudo nele lembra a música "Born to be wild", do Steppenwolf. Antigo Capitão dos Piratas da Represa, é também um dos Fundadores da Aliança Pirata e diversos projetos relacionados aos Piratas Urbanos. Pode ser descrito em várias letras do Matanza.