Arquivo da categoria: PR8

Black Caesar

As geniais trapaças de Black Caesar

Quando falamos de piratas africanos geralmente acabamos pensando nos atuais piratas do Somália. Mas na era de ouro da pirataria também houveram alguns piratas dignos de nota que vieram do continente negro. Este artigo é sobre aquele que, na minha opnião foi o maior entre eles: Black Caesar.

Caesar era famoso por ser grande e forte mas também por sua inteligência afiada e engenhosidade. Conta-se que já era alfabetizado em uma época em que a maior parte da America ainda era analfabeta. Chefe de guerra de sua tribo, escapou de diversas tentativas de ser capturado para ser escravo até que um dia em que ele e mais vinte de seus homens foram enganados por um mercador que usou sua curiosidade e ganância contra ele. Após ver um relógio de bolso (objeto que tornou-se uma obsessão pessoal) ele foi convencido a viajar para a América onde havia joias, armas e instrumentos musicais e artefatos que ele mal poderia imaginar. No meio da viagem entretanto descobriu que estava cativo quando foi algemado enquanto dormia.

Contudo ao chegarem próximos a Florida, conhecendo os céus, ele notou que um furacão logo se formaria. Subornou um dos marujos e os dois homens encurralaram o capitão forçando-os a deixá-los partir em um bote com armas e suprimentos. Remaram até a praia onde puderam mais tarde assistir o navio ser completamente destruído pelos ventos fortes. De fato, ele e o marinheiro foram os únicos a chegarem vivos no continente.

Por seu espírito de liderança logo subjugou o marinheiro e atraiu outros bucaneiros. Inicialmente eles usavam o bote salva vidas para atrair navios passantes. Uma vez a bordo, rendiam a tripulação e saqueavam tudo que podiam ameaçando afundar o navio caso houvesse resistência. Com esse simples estratagema Black Caesar acumulou uma fortuna considerável e uma inegável fama local.

john-Quintor

Ele começou a contratar mais piratas e em pouco tempo estava apto a atacar navios em mar aberto. Foi nesta fase que ele mais demonstrou sua inteligência e os truques que tinha na manga. Por muitas vezes conseguiram fugir de perseguições escondendo-se em rios que entravam no continente. Usando um engenhoso e forte sistemas de polias Black Caesar conseguia puxar barcos inteiros rio acima onde se ocultava até o inimigo ir embora. Outro truque usado era contornar uma ilha e então afundar o navio inteiro em águas rasas, depois cortanto as cordas que o prendiam para fazê-lo emergir novamente.

A ideia de “enterrar tesouro” teve origem nos truques de Black Caesar. Poucos piratas de fato faziam isso, mas ele tinha uma boa razão. Uma de suas principais preocupações eram as patrulhas que costumavam inspecionar o sul da Florida onde ele residia quando não estava em alto mar. Informado dos dias de patrulha ele tinha boa parte de seu tesouro enterrado em ilhotas próximas a Tortuga. Então em termos práticos, ele nunca tinha nada a declarar as autoridades quando questionado. Ele dominava completamente a região e usava a rede informal de escravos dos americanos para se manter informado sobre as movimentações da marinha. Conta-se que ele tinha uma ilhas usada exclusivamente para guardar um harem de pelo menos 100 mulheres e em outra ilha funcionava uma espécie de presídio onde mantinha prisioneiros que poderiam ser úteis mais tarde.

No século 18, Black Caesar foi convidado para trabalhar com ninguém menos que o próprio Barba Negra. Ele serviu como tenente a bordo do ‘Vingança da Rainha Ana’ onde serviu até o dia de sua morte. Na fatídica luta entre Barba Negra e Maynard, ele foi rendido por vários marinheiros no momento em que tentava detonar o paiol de pólvora. Feito prisioneiro foi condenado pelos colonos de Virginia por pirataria e finalmente enforcado em Williamsburg. Mas Black Caesar era tão duro na queda que diz a lenda foi a única pessoa na história a não cuspir sangue nem saltar os olhos quando, na forca, foi pendurado.

19setdiadopirata

Talk like a Pirate Day

Ahoy, marujos! Sabem que dia é hoje? Nada menos do que o Dia Internacional de Falar como um Pirata (no caso, o Dia Internacional de FalARRRRR como um Pirata)!

Tudo começou com uma brincadeira entre os americanos John Baur e Mark Summers. No dia 6 de junho de 1995, os dois jogavam raquetebol (uma variação do squash) quando começaram a se provocar com xingamentos.

John-Mark

O jogo foi esquentando e os palavrões foram acabando, um deles ficou sem tempo de pensar em um palavrão a tempo e exclamou “Arrr!”. Quando perceberam, estavam se xingando em piratês!

Continue lendo

10290593_10203988706227635_378060569_o

A Canção Foi Cantada

COMUNICADO IMPORTANTE

Aliança Pirata convoca toda a Capitania.

Entrem em contato URGENTE com Duh Anselmo (Capitão dos Piratas do Juqueri)

 

Continue lendo

crossbones-leader

Pôster de Crossbones, a série de piratas estrelada por John Malkovich

A NBC liberou um novo pôster promocional de Crossbones, a série de pirata que traz John Malkovich como Barba Negra.

Passada no início do século 18, mais especificamente em 1715, a história do Pirata Edward Teach promete mostrar a verdadeira lenda do “mais notório pirata que já navegou pelos mares”.

Crossbones é produzida por Neil Cross (Luther) e estreia na televisão norte-americana no dia 30 de maio.

crossbones-poster

tlapd

Pirate Day

Hoje é o dia mundial de falar como um pirata, o conhecido Talk like a pirate day ou Pirate Day, para os mais íntimos.
É o dia do ano em que você DEVE falar como um pirata, agir como um pirata, não tomar banho, navegar, lutar com espadas, beber MUITO RUM e sair por aí saqueando e pilhando.

A ideia do “feriado” internacional começou em 1995 com dois amigos, Ol’ Chumbucket (John Baur) e Cap’n Slappy (Mark Summers), membros da Igreja do Monstro de Espaguete Voador, durante uma partida de raquetebol (uma variação de squash), um deles levou um bolada e gritou “ARRRRR”.
A brincadeira surgiu, mas mudaram a data pra 19 de setembro (data do aniversario da ex-esposa de Summers, porque era facil de lembrar) pois foi dia 6 de junho que ocorreu o famoso Dia D na segunda guerra mundial, e eles não queriam desrrespeitar tal data, depois enviaram essa ideia ao departamento de um colunista de comedia do jornal local, e ele espalhou a noticia, tornando-se algo viral nos EUA.

Continue lendo

pr8

A volta dos que não foram.

Ahoy!

Estou aqui apenas para mostrar que o site não morreu, pelo contrario, passou por uma reformulação total e agora conta com diversas novidades como Forum, Rede Social, Taverna, Wiki, e muito mais, para tornar a vida destes Piratas menos cansativa!

Sejam bem vindos ao PR8!

pr8

Sobre o PR8

O PR8 é um portal baseado na atual Pirataria Urbana. Antigamente, era o portal da Aliança Pirata, porém, nunca foi nossa ideia fazer um portal fechado. Sempre quisemos mostrar o que sabemos e podemos fazer. Por isso foi criado o PR8, Um portal colaborativo. Cadastre-se e divirta-se Bebei amigos! Yo-ho!