Arquivo da categoria: PR8

cover

Taverna Medieval: Visita obrigatória para fãs de medievalismo.

Participo de uma dezena de grupos de temática medieval no Facebook e logo vi a divulgação. Torci o nariz, achei que fosse mais uma tentativa abominável de arrancar dinheiro de um público que sonhava com algo temático em SP. Depois da decepção de uma hamburgueria com temática espacial, cujo nome foi trocado por conta de direitos autorais, achei que esta seria mais uma decepção. Eu estava errado.

07102016

Esta é uma nova hamburgueria relativamente nova, deve ter no máximo 1 mês de vida. É localizada na Zona Sul, próximo da estação Ana Rosa, e o local tem tudo para se tornar um ponto de encontro para diversos públicos, dentre eles medievalistas, jogadores de RPG e boardgame, fãs de obras de fantasia como The Legend of Zelda, Warcraft, Game of Thrones, uma lista imensa.

O local surgiu de uma viagem do casal Nelson e Ellen Ferreira, que foi sendo adiado ao longo dos anos, mas acabou se concretizando num impulso repentino por conta da crise econômica brasileira.

Ao chegar já nos deparamos com uma espada cravada em uma pedra (Referências! Referências everywhere!) e alguns barris para o pessoal que estiver aguardando usar de mesa. Tivemos de nos segurar para que um destes barris não aparecesse na minha casa…

A decoração interna é o que mais chama a atenção. Cada mesa possui uma temática diferente, que vão desde Highlander, Lord of the Rings até uma FUCKING MESA COM FORMATO DE UM FUCKING DRAKKAR que foi feita em madeira maciça e é extremamente detalhada. Ela acomoda tranquilamente umas 14 pessoas, mas eles sempre dão um jeitinho de colocar mais pessoal se precisar. Tive a oportunidade de sentar nesta mesa, é enorme! Eu era um pirata num drakkar! Vou matar azamiga viquem de inveja!

p_98730473_230844

Tudo ali foi pensado em fãs de diversas temáticas, assim podemos agradar entusiastas de diversas épocas sem nos preocupar com uma época específica. Temos decorações baseadas tanto na era medieval européia quanto asiática, além de claro, a parte voltada para a fantasia. É comum ver espadas bandeiras e diversos outros itens como uma armadura e uma gaita de fole na decoração. Faltou só a temática Pirata, mas um quadro com navios não me fez tão órfão assim.

O atendimento é excelente, a equipe foi escolhida a dedo e são todos fãs das temáticas propostas do local, o pessoal nos deixava a vontade, como se fôssemos frequentadores de longa data, todos eles além de nos servir da melhor maneira possível, garantiam um bom papo e estavam sempre prontos para nos tirar qualquer dúvida. Tive a oportunidade de ver uma das funcionárias do local fazendo o jogo de runas para o pessoal, o que pode ser um chamariz para grande parte do público pagão.

Nas noites de terças e quartas-feiras, em parceria com o pessoal da Roleplayers, com partidas de RPG nas terças e de boardgames nas quartas, das 20h às 23h. Para jogar você paga R$33,00, mas não se preocupe, você tem direito além do local na mesa de jogo, a um hambúrguer da casa.

O cardápio possui algumas ótimas sacadas, desde sua apresentação, com capa de couro, até a forma que são apresentados os pratos.

legenda-cardapio

O cardápio conta com um Índice de Medievalidade. Não é uma tarefa simples conseguir fazer com que as comidas medievais agradem o público atual, então eles tiveram a brilhante ideia de mostrar ao público o quanto o prato é medieval. Cada prato recebe uma classificação entre uma e cinco  espadinhas, onde uma espadinha significa que o prato é completamente moderno (refrigerante), e cinco espadinhas significam que o prato tem ingredientes ou modo de preparo bem similares aos de algum prato da época.

O nome dos pratos também é inspirado no tema, onde temos nomes como Simples camponesa de nobre coração que vai todos os dias ao bosque para recolher lenha e também o Elfo da floresta, uma opção vegetariana. Mas não se preocupem, praticamente tudo no cardápio é customizável!

Das entradas, experimentei algumas, sendo elas Azeitonas empanadas de Sherwood, Batata rústica de Skyrim com especiarias e uma Tábua de Salmão de Camelot, que vem acompanhada de pães e um molho. Este último é um dos pratos que recebe mais espadinhas, e sem dúvida é um dos meus favoritos de lá.

Jpeg

Os hambúrgueres, a parte onde sou mais chato, tão chato quanto um pirata velho e bêbado, tive a oportunidade de experimentar diversos.

Dentre eles a Escolha do Taberneiro, que é Hambúrguer bovino (180g), bacon e fondue de queijo no pão tradicional.

Jpeg

O Bárbaro, Hambúrguer de javali (180g), queijo caciocavallo, rúcula e relish de pimentão vermelho defumado no pão tradicional.

Jpeg
Todas as opções que experimentei vieram com a possibilidade de por mais R$5,00 o hambúrguer vir com 220g. Claro, você também escolhe o ponto da carne. Eu particularmente gosto dela bem mal passada. Os sabores são espetaculares, alguns dos melhores hambúrgueres que já comi! Todos os hambúrgueres acompanham uma batata em espiral e molho de mostarda com mel.

Para os bêbados de plantão, temos bebidas para todos os gostos, desde o bom e velho Hidromel até drinks mais elaborados. A melhor parte, não sabe o que beber? Role o dado!

d20
Ao rolar o dado, o número que sair é o da bebida que você recebe. As bebidas são enumeradas de 1 a 19, caso vc tire 20 no dado, rola ele novamente e recebe o número tirado EM DOBRO! Tirando o alquimista do lugar escolha qual bebida você vai tomar, além disso que ele pode inventar algo na hora para você.

Jpeg

Uma das partes divertidas é um drink que muda de cor quando servido, veja o vídeo:

O número de bebidas é bem variado, possuindo até algumas desconhecidas por nós como a Caipirinha de Cerveja e Hidromel e o Drink do Rei Arthur contendo Uísque, licor baileys, licor amaretto, creme de leite e canela. Obviamente não podemos esquecer dos Chopps artesanais que são dois, American Lager e Pale Ale.

Depois de passar mal bem de tanto comer, foi a hora de ver as sobremesas. Uma das mais pedidas da casa é a Nessie, homenagem ao nosso monstro escocês. A sobremesa é uma barra de Snickers empanada em massa de cerveja e frita.

Jpeg

Temos também outras opções como a Torta de Maçã ou o Pão de mel da casa.

É caro? Não, não é. Não espere pagar o mesmo que se gasta no “tio do cachorro quente da esquina”, mas vale cada centavo investido. O preço é bastante condizente com hamburguerias em geral e não chega a ser muito mais caro do que um fast-food de shopping. É possível comer bem com R$60,00 a R$100,00 (por pessoa), mas compensa muito mais ir em galera e provar os diversos pratos.

Lá funciona de terça a quinta-feira das 18h às 23h, na sexta e no sábado até a 1h00 e no domingo também até as 23h novamente.

Há estacionamento com manobrista (vallet) bem na porta por R$22,00, mas se você for muquirana como eu, pode chegar cedo e procurar um local pelas redondezas para estacionar. Quer beber e não quer dirigir? Com 10 minutos de caminhada da estação Vila Mariana você chega.

Onde fica? Rua Gandavo, 456

O local é nota 10, vale a pena ir, e claro, vale a pena voltar. Quem estiver lendo e for, não esqueça de me convidar, é sempre bom ter uma desculpa para ir lá novamente! Além do fato de que os próprios donos estão sempre dispostos a ouvir as sugestões dos clientes, tanto que muitas novidades estão por vir! Eu sei de algumas, mas nem vou falar.

Não se esqueçam de curtir a fanpage deles: https://www.facebook.com/tavernamedieval

Fiquem agora com fotos do local:07102016-56 07102016-57 07102016-58 07102016-59 07102016-64 07102016-66 07102016-68 07102016-69 p_20161007_215828 p_20161007_230605 p_20161007_230636 p_20161007_230644 p_20161007_230711 p_20161007_230844

dest

Pirata Urbano – Calçados

Inúmeras são as vezes que me perguntam “Onde consigo uma roupa de pirata?”, então resolvi, depois de muito enrolar por pura preguiça, escrever um tutorial básico de como se vestir como um pirata. Por hora fiz este sobre as botas, logo mais faço outros para ajudar. Se a preguiça não me vencer…

Não irei abordar nada muito elaborado, apenas o essencial para não fazer feio com o visual. Também não estou abordando nada histórico, não somos revivalistas, a regra basicamente é você se parecer com um pirata. Se você se olha no espelho e se reconhece como um pirata, está feito. Gostaria de enfatizar que ele não é importante, pois Pirata Urbano não é visual, é atitude!

Começando de baixo para cima, pois talvez seja a parte mais complicada, então se for pra desistir, desista agora. Maior parte dos Piratas Urbanos que conheci costumam variar entre 3 calçados: Bota de montaria, coturno e sapato.

campeira-montaria

Botas de montaria ou botas campeiras são minha primeira opção, pois pode usar sempre, ela serve bem para proteger os pés, parece um sapato, é confortável e tão durável quando o coturno. Existem boas botas que são impermeáveis, e com elas é possível entrar na água rasa sem molhar os pés.

É algo relativamente simples de encontrar… se você tiver pé pequeno. Sim, pé pequeno. Por uma infelicidade, nós que moramos na cidade de São Paulo, talvez a cidade com a maior diversidade brasileira, sofremos com a falta de calçados de qualidade, como as botas de montaria masculinas. Chega a ser impossível achar uma bota de montaria masculina na cidade, então temos de apelar para lojas especializadas em tamanhos grandes, que são poucas. Nestas lojas as botas costumam ser caras e apresentar uma qualidade que não compensa o preço, variando de R$200 a R$400.

Outra opção seria buscar tais botas em lojas especializadas em “coisas country”, mas neste ponto sofremos com o problema dos preços abusivos, onde uma bota de couro de boa qualidade costuma ser R$400 ou mais. Se quiser mais barato, só viajando para as cidades do interior, onde uma desta costuma custar de R$150 a R$300.

A opção mais barata, e também a mais difícil é ter pé pequeno e mente aberta. Sim, usar botas femininas. A diferença é que calçados femininos costumam ir até o 38, sendo difícil achar quando você tem um pé 43. Caso ache, dá para achar botas legais por uns R$60.

A melhor opção de todas é definitivamente o Mercado Livre. Lá você encontra todos os tipos de botas de montaria, geralmente vindas do sul do país, em couro e solado bastante durável. A média de preço é de R$150. Tenho dois pares de botas destas, tenho amigos que compraram, não vi reclamações. Uma destas uso diariamente tem uns 6 meses, já possui alguns arranhões, mas sem manutenção fica difícil fazer durar. Apenas pesquise bastante os vendedores, pois infelizmente o Mercado Livre é cheio de gente de má fé.


coturno

Coturno é a primeira opção para muitos que estão ingressando neste estilo de vida, pois muitos já usam coturnos desde sempre ou acabam vindo de outras culturas que usam também.

De uso voltado para o uso militar em atividades de combate, são geralmente de couro tratado para tornar-se impermeável. Costumam ser uma ótima opção por conta da durabilidade, possuindo vida útil mais longa do que as botas comuns.

Podem ser comprados em quase todas as cidades, tanto em lojas militares quanto em lojas especializadas em artigos para subculturas. O preço é bastante variável, costuma custar no mínimo R$60.


sapato

Sapatos, os bons e velhos sapatos costumam ser a opção mais barata, mas não o melhor custo-benefício. Não protegem bem os pés, costumam ter uma durabilidade baixa, porém, se você está sem dinheiro, não ande descalço. Você acha sapatos em quase toda loja de calçados e costuma custar no mínimo R$20.


meias

Meias. Ninguém liga para as meias, use meias confortáveis. Caso você queira um visual mais revivalista, pode usar meias brancas compridas combinadas com sapatos e calça corsário. Mas por favor, esteja ciente que será engraçado e as pessoas vão rir.


Lembrando que qualquer modificação é bem-vinda, desde modificar as botas para ter aquela dobra que vemos nos filmes até pegar um sapato antigo e transformar em uma bota. São inúmeras as possibilidades.
Você também pode optar por não usar nada. Descalço é sempre bom.

Clarêncio Pirata

Clarêncio pirata

clarencio pirata

 

Bom, que a vida tá difícil não é novidade certo?

Chegar a casa depois do trabalho após as onze da noite exausta faz com que o cérebro não aceite notícias ruins ou temas muito sérios. Normalmente durmo assistindo documentários, mas, dia desses só havia programas de leilão e documentários da 2ª guerra que costuma me dar pesadelos logo, o que me sobra?

Na esperança de dormir e ir para a terra de Ooo deixo a TV  no Cartoon Network  e nada de Hora da Aventura…  Começa então um episódio de Clarêncio.  Foi quando tive uma surpresa agradável porque o episódio tinha como tema o quê? Amigos jogando RPG, mas não um RPG qualquer, era um jogo de Piratas!!!

Não teve jeito, levantei da cama, peguei meu pote de cereal e fiquei assistindo e me diverti demais.

Bom marujos, vos convido a assistir  Clarêncio em  “Breehn à vista !”

PS. : A Cartoon também tem um jogo  com o Clarêncio para celulares  e para computadores que dá pra jogar de graça 😉

para quem possa se interessar 😉

http://www.cartoonnetwork.com.br/jogo/clarencio-o-otimista-a-batalha-mais-irada-da-historia

Divirtam-se e até a próxima {P-)

 

 

Tia Mesk e os Piratas Catarrentos.

Tia Mesk e os Piratas Catarrentos estavam tranquilos navegando até que uma sobra gigante e misteriosa passou por debaixo do barco.

Seria o apavorante Kraken???

Um vídeo para mostrar ao filhotes. Produzido com massinha de modelar e uns rabiscos 😉

Caça ao tesouro kids

No último dia 20 de Março  foi realizado pela Aliança Pirata o primeiro piquenique pirata de  2016 no Jardim Botânico de São Paulo.

Nele realizamos o Caça ao Tesouro kids com  nossos ” Piratinhas catarrentos” acompanhem essa emocionante aventura !!!

 

MERCADO PIRATA 2 – Quem não foi perdeu !

 

Ahoy Pirates,

Esta foi minha pequena cobertura do MERCADO PIRATA 2, evento mercantilista que reuniu varias lojinhas do pessoal do grupo dos piratas e outros.

O Objetivo foi ajudar ao pessoal a divulgar seus produtos e ajudar a todos que procuram peças de vestuário, decoração e alimentícios na temática pirata.

Local: Toca dos Piratas

Dia: 12 / Março / 2016

 

12729039_1210542028976525_1080159187668700424_n

2º Mercado Pirata – Toca dos Piratas

Ahoy Pirates,

A pedidos estamos criando o SEGUNDO mercado pirata, evento mercantilista que vai reunir varias lojinhas do pessoal aqui do grupo dos piratas e outros. O Objetivo é ajudar ao pessoal a divulgar seus produtos e ajudar a todos que procuram peças de vestuário, decoração e alimentícios na temática pirata e outros.

Local: Toca dos Piratas
Endereço: Avenida Fagundes Filho. 226 (Próximo ao metro São Judas / Linha Azul)
Dia: 12 / Março / 2016
Horário: 09:00 até as 16:30

Link do evento: https://www.facebook.com/events/1716814898556337/

Qualquer compra acima de R$20,00 em qualquer lojinha participante do I Mercado Pirata – Toca dos Piratas concorre a um kit feito pela Aliança Pirata

E como prometido na 1º edição do Mercado Pirata, nos faremos um Caça ao tesouro em todo o bairro de São Judas,  teremos premiação para o 1º lugar, nossa caçada começa as 13:30, por isso chegue antes conheça o mercado pirata e participe desta caçada!

Esse evento esta sendo criando uma semana antes do nosso primeiro piquenique de 2016 #RaioPiratizador2016, para mais informações fiquem ligados na página Aliança Pirata ou no site do PR8.

As Lojas Participantes são:

Continue lendo

barco-deriva

Corpo mumificado de aventureiro é encontrado em iate à deriva no Pacífico

Um iate à deriva no Oceano Pacífico foi encontrado no último fim de semana perto de uma praia das Filipinas com um corpo em decomposição, mas ainda em bom estado de conservação. O cadáver é de um marinheiro alemão.

mumia 1
Cadáver estava na cabine de rádio. (Divulgação/Barobo Police Station)

Manfred Fritz Bajorat, de 59 anos, foi encontrado sentado na cabine de rádio, como se estivesse pedindo socorro pela última vez na vida. A embarcação onde o cadáver se encontrava estava perto de Barobo, na região sul do país.

Quem a resgatou foi o pescador Christopher Rivas, de 23 anos. Ele estava pescando com um amigo a cerca de 40 quilômetros da costa quando avistou SAYO, veículo de Manfred que navegava pelo mundo fazia quase 20 anos.

mumia 2
Embarcação SAYO estava no mar há duas décadas. (Reprodução/EPA)

É difícil precisar ainda quanto tempo o corpo do marinheiro ficou ali após sua morte, apesar da temperatura quente e os ventos secos (juntos com o sal do mar) terem contribuído para a conservação do corpo. Sua identidade foi possível descobrir por causa dos papéis que ele levava consigo no barco.

De acordo com o jornal Bild, a última atividade de Manfred na internet foi um ano atrás, no seu aniversário, quando respondeu a alguns amigos. O marinheiro havia terminado um casamento em 2008 e a sua ex-mulher, que costumava acompanhá-lo nas viagens, faleceu um ano depois em decorrência de um câncer.

mumia 3
Manfred tinha 59 anos. (Reprodução/Barobo Police Station/EPA)

“Ele era um marinheiro muito experiente. Eu não acredito que teria entrado em uma tempestade. E também acho que o mastro quebrou depois de sua morte”, afirmou Dieter, marinheiro que o conheceu em 2009, ao mesmo diário alemão.

“A forma como ele está sentado parece indicar que sua morte foi inesperada, provavelmente de algum ataque de coração”, opinou o criminologista Mark Benecke.

O corpo foi transferido para Butuan City, enquanto o iate passará por perícia no porto de Barobo. Ainda não foi encontrado nenhum sinal de assassinato, como uma arma ou evidência de uma segunda pessoa à bordo. Enquanto isso, a Embaixada Alemã em Manila tenta contato com seus familiares na Alemanha.

FONTE: Yahoo Notícias.